EnglishPortugueseSpanish
EnglishPortugueseSpanish
Promoção!

Phalaenopsis Minimark

18,00

  • Planta adulta
  • Fornecida em vaso de 12cm
  • Em idade de floração
  • Substrato casca de pinho

 

Em stock

Adicionar Lista de Desejos
Adicionar Lista de Desejos

SHARE THIS:

Descrição

As Phalaenopsis, também conhecidas como orquídea-borboleta, por essa razão, neste artigo irei abordar com um pouco mais de profundidade o ato de como cuidar de orquídeas phalaenopsis e as dúvidas mais frequentes de iniciantes.

Se você comprou ou ganhou uma Phalaenopsis de presente, é bem provável que esteja cheia de dúvidas como:

  • Quantas vezes ela floresce? (1 vez por ano)
  • Como faço para regá-la? e qual a frequência?
  • Quando as flores caírem eu devo cortar a haste?
  • Qual a luz que elas precisam?

Essas orquídeas são originárias do sudeste da Ásia, mas hoje em dia existem milhares de híbridos produzidos pelo homem, muitas delas bem diferentes das espécies selvagens.

De qualquer forma os cuidados são os mesmos para todas elas, inclusive, a maioria das variedades foram criadas para serem fáceis de cultivar por iniciantes em suas casas.

Substratos

Na natureza, as Phalaenopsis crescem como epífitas, ou seja, agarradas aos troncos das árvores. No cultivo em casa, elas não devem ser plantadas no solo, mas sim em um vaso com uma mistura de substratos como casca de coco, casca de pinho ou outros de qualidade, isso é importante porque esses substratos fornecem uma drenagem e circulação de ar ideal para as raízes.

A medida em que os substratos forem envelhecendo e se decompondo, elas correm o risco de sufocar as raízes por não permitirem mais a circulação de ar e a drenagem, por essa razão é necessário replantá-las a cada 2 ou 3 anos, isso vale para a maioria dessas orquídeas.

Tipo de crescimento

Elas possuem um crescimento monopodial, ou seja, há um caule central que serve de sustentação para as folhas crescerem de forma alternada para cima, diferente das simpodiais que crescem para os lados. Dessa forma, as Phalaenopsis raramente ultrapassam o tamanho do vaso com suas raízes.

Rega

Pelo fato de não terem pseudobulbos ou outras formas de armazenar água, elas não gostam de secar muito, por essa razão é melhor regar à medida em que se aproximarem da secura, o que significa aproximadamente 1 ou 2 vezes por semana na maioria das vezes.

A razão mais comum pela qual essas orquídeas morrem nas mãos de iniciantes, é pelo excesso de água, então não as mantenha húmidas o tempo todo, pois as raízes poderão apodrecer e atrair doenças e pragas.

Para regar a sua Phalaenopsis leve-a até a pia e deixe a água cair livremente por todo o substrato e escorrer pelo fundo do vaso.

Outra forma é emergir o vaso dentro da água até que o substrato pare de borbulhar, evite molhar a parte superior da planta para não correr o risco de ficar água presa em alguma fresta e causar podridão desnecessariamente.

Adubo

Você pode adubar uma vez por semana, dissolvendo o adubo na água que você usa para regar por exemplo, isso é importante para que as orquídeas cresçam mais fortes e saudáveis.

Precisa cortar a haste?

Quando o período de floração terminar, as hastes que estavam segurando as flores poderão florescer novamente nos próximos anos, desde que elas fiquem verdes, pois caso fiquem castanhas será necessário podar.

Luz

Elas precisam de uma luz baixa, para muitas orquídeas pode ser pouco, mas para elas é o suficiente. Você pode cultivá-la no peitoril de uma janela voltada para o leste ou para o sul ligeiramente sombreada por uma cortina fina. A luz solar direta é uma péssima ideia, pois causará sérias queimaduras solares. Caso a planta não floresça e as folhas estiverem escuras e moles, você precisa aumentar o nível de luz.

Temperatura

Elas preferem temperaturas variando entre média a quente, algo em torno de 21 a 30ºC durante o dia, com uma queda durante a noite entre 6 a 8ºC, de forma geral, a temperatura que estiver confortável para você, também estará para ela.

Humidade

A maioria das Phalaenopsis crescem melhor com uma umidade por volta de 70%, para isso você pode usar uma bandeja de humidade caso seja necessário.

Informação adicional

Peso 1,100 kg

14 avaliações de Phalaenopsis Minimark

  1. Lapão Sandra (proprietário verificado)

  2. Diogo Magalhães (proprietário verificado)

  3. celia (proprietário verificado)

  4. Sebastian González Godino (proprietário verificado)

    Fenomenal. Tal y como indicó en la maceta vienen 2 ejemplares súper sanos. En cuanto termine la floracion hay que cambiar el sustrato porque no esta muy entero. Recomendado

  5. Salvador David Lucena Serrano (proprietário verificado)

    Plantas de calidad, con varas en camino

  6. Elda (proprietário verificado)

    A planta chegou em muito boas condições, traz 6 hastes florais cheiinhas de botões. Estou ansiosa para que aqueles botõezinhos abram todos, pois imagino que a minha “pequenina” vai ficar maravilhosa :-))).

  7. Helena Pais (proprietário verificado)

  8. Sofia Silva (proprietário verificado)

  9. Susana Dias (proprietário verificado)

    Uma orquidea fantástica, linda, cheia de astes florais e excelentes raízes . Recomendo pois o atendimento é óptimo. Parabéns.

  10. Carla Zacarias (proprietário verificado)

    Planta muito boa com dois pés

  11. Cristina (proprietário verificado)

  12. Anónimo (proprietário verificado)

  13. Ronan Almeida (proprietário verificado)

  14. Angel Maeso Granados (proprietário verificado)

Apenas clientes com sessão iniciada que compraram este produto podem deixar opinião.